Bike no Teto com menos de R$20

clique na imagem para aumentar
clique na imagem para aumentar

Pra você que não consegue ver a sua magrela largada num bicicletário qualquer, junto com outras bicicletas prisioneiras, empoeiradas, murchas e pegando umidade, goteiras e passando frio no inverno, colocar a magrela dentro de casa pode ser o que acalenta seu coração. Mas essa saída nem sempre é tão apreciada pelos demais moradores da casa, seja pelo espaço que ela ocupa, ou mesmo porque todo mundo vive esbarrando e derrubando ela no chão e riscando e sujando as paredes da casa, além do cachorro, que acha que a sua bike é poste…

No caso desses Pedarilhos, o problema era espaço, pois por vezes o apartamento recebe outras bike-visitas, criando uma pequena “massa-crítica” particular na entrada do apê. Pendurar a bike no teto não é nada novo, original. Ok, ok, mas fazer isso de uma maneira barata, ao melhor estilo “faça-você-mesmo” não foi uma coisa assim tão prática. Eu como engenheira, sou uma ótima bicicleteira. Primeiro comprei duas roldanas de parafuso e uma corda, pensando que assim já ia ser “facinho” pra colocar a bike como um belo enfeite para a parede da sala. Minha empolgação terminou junto com a minha força. Pois sim, não consegui sequer erguer a bicicleta 1 metro acima do chão. Tive que chamar ajuda dos universitários, e o André, que já tinha feito os furos iniciais no teto, foi chamado para a equipe de planejamento, assim meus problemas “se acabaram-se”.

Ponto fixo, roldana livre com gancho e roldana fixa. (clique para aumentar)
Roldana fixa-livre-fixa (clique para ampliar)
Dois ganchos para fixar a corda (clique para ampliar)

Encontramos um produto na internet que funciona também como roldanas, e deve ser muito bom, se não fosse tão $algado (uns R$150 na internet). Então adaptamos o mesmo princípio com roldanas simples que podem ser encontradas em qualquer loja de ferragens, e o valor total não ultrapassou vinte reais. Seguindo pelas fotos, fica fácil entender.

.

sem bike

Fixamos as roldanas ao teto no “olhômetro” mesmo, mas se você tiver mais vocação que engenharia do que eu, aí você pode medir o quadro da bike e observar os pontos onde ficará mais fácil colocar os ganchinhos da roldana, para que a distribuição do peso fique equilibrada ao puxar a corda. As roldanas livres colaboram para “diminuir” o peso da bike, lembram das aulas de física?

Você vai precisar de:

- Uma furadeira ;
- Cerca de 7 metros de corda de nylon (nem tão fina que emperre na roldana caso escape da canaleta, nem tão grossa que emperre na canaleta mesmo, a medida da corda vai variar de acordo com a altura do teto e o espaço entre as roldanas) Valor aproximado R$0,60 metro;
- 3 Roldanas Fixas para teto com parafuso soldado (valor aprox. R$ 2,50 unidade);
- 2 Roldanas livres com gancho (valor aprox. R$ 1,60 un.);
- Parafuso com argola na ponta (aprox. R$ 1,00);
- 2 Ganchos de parede (para enrolar a corda e fazer com que a bici permaneça no alto) (aprox. R$ 2,00 un);
- 3 Buxas para as roldanas e 2 buxas para os ganchos da parede e 1 buxa para o parafuso com argola;

Para que a corda não escorregue, utilizamos dois ganchos de pendurar toalha no banheiro, parafusados na parede em direção oposta (o de cima com a volta do gancho para cima, e o da baixo com o gancho voltado para baixo) assim depois que a bike está no ponto máximo basta enrolar a corda nos ganchos.

É isso, sem projeto nem desenho, a bike ficou no teto na base da gambiarra(vide furos “extra” no teto de casa)!  Agora aproveitem as dicas, e se você conseguir fazer um desses também, envie sua foto pra gente ver como ficou! Nosso e-mail é contato@pedarilhos.com.br.

22 ideias sobre “Bike no Teto com menos de R$20

  1. Pingback: Tweets that mention Blog Pedarilhos -- Topsy.com

  2. Caramba!
    Isso ficou muito bom!
    Profissa até umas hora!

    Acabei de ver a foto da plaquinha que você fez, ficou demais!
    “Vem pedalar com a gente!”
    Vamo que vamo que o mundo precisa dessa alegria!

    Valeu Ana! ;)

  3. Grande André:

    Quando vi o artitgo não acreditei, ja tinha comprado as roldanas e estava pensando em montar algo semelhante.
    Vou ver se agora me animo a terminar esta “garagem de teto”…hehehehe

    Cicloabraços
    Marcelo
    Maringá-PR

    • Grandeee Marcelo! heheheh

      Garagem de teto, ehehe, essa foi boa =p
      Que bom que gostou! =)
      Estava ontem mesmo olhando as fotos no seu orkut, da sua ultima viagem, e as imagens de cicloativismo etc, muitooo boas!!! ahhaah, estava até vendo se tinha um jeito de fazer um album no meu orkut copiando todas as suas fotos daquele album, mto boas mesmo! eheheh

      Valeu!
      Abração!

  4. Pingback: Ciclonomade Brasil» Arquivo do Blog » Como fazer um espelho retrovisor - ou sobre ciclistas e invenções

    • Valeu Antônio Celso!!!! Que bom que gostou. =)
      Ainda estamos utilizando o sistema sem problema algum a mais de 1 ano. Aliás, a única coisa que tivemos que fazer foi tirar a corda 1x, por que ela começou a torcer e estava dificultando um pouco a subida da bike.

      Valeu!!!
      Abraço

  5. Aqui na minha cidade,as casas nao tem problema de espaço,ja cidade pequena tem o famoso quintal,com garagem propia,mas memso la,tem problema,entao fazer um suporte destes na garagem tbm é muito valido.
    JA pra quem mora em apartamento,tem bike,e gosta dela,acho q é indispensavel esta ideia.

  6. Sempre tive a idéia de fazer isso lá em casa, porém vou prender no caibro do telhado. Fui procurar algo pra melhorar minha idéia e esta que vi aqui foi demais, muito boa mesmo, barata, vai ficar leve e com uma ponta apenas, bem melhor do que eu havia pensado.
    Parabéns pela iniciativa e pela mão na massa, que é muito bom tb, rs.
    Sucesso a vocês.

    • Olá Leonardo,
      que bom que gostou!!!! Valeu mesmo do comentário!

      Com certeza no caibro vai ficar muito mais seguro!!!!
      O unico conselho que damos é para tentar usar uma corda que não enrrole com o tempo, a nossa enrola de vez em quando daí temos que tirar ela e dar uma desenrolada…. Quem sabe aqueles cabos de aco plastificados sejam uma boa já que eles não devem enrolar…

      Valeu, sucesso na construcão, quando terminar nos envie fotos =)

  7. Olá André e Ana, como comentado no dia 25.07.2011, conclui meu projeto aperfeiçoado com a dica de vocês, claro. Pendurei 2 bikes, minha e do meu filho.
    Tirei fotos pra registrar e pra enviar pra vcs, porém não achei o mail para enviar as fotos.

    Aguardo o retorno e mandarei as fotos.

    Grande abraço e obrigado.

  8. Olá!
    Estava desenvolvendo um sistema para guardar a bicicleta no teto quando achei a página de vocês. Montei um sistema parecido (depois tentarei mandar fotos). Grande abraço e parabéns pelo site!
    Marcelo Pacheco

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>