As Bicicletas

As magrelas quando estavam em montagem

montagem-bicis0004.JPG Desmontamos elas para restaurar os quadros, garfos e um guidão. Fizemos o jateamento e a pintura eletrostática texturizada. Abaixo o close da pintura, atendendo a pedidos:

       01 de abril de 2012-pintura-bike-9.jpg

Optamos por pintar as bicicletas por alguns motivos:

  • Quadros e garfos por serem de segunda mão e mais antigos apresentavam sinais de ferrugem por baixo da pintura;
  •  Remover os decalques das marcas dos quadros da bicicleta para chamar menos atenção;

Durabilidade e resistência da pintura eletrostática texturizada contra montagem-bicis0008.JPGraspões, riscos, etc.

  • Esta pintura texturizada não é comum em bicicletas, o que as torna únicas, e em caso de algum furto (toc,toc,toc na madeira), seriam mais facilmente identificáveis.

Agora para esta viagem colocamos algumas peças novas:

  • Rodas;
  • Catracas;
  • Pedivela;
  • Sapatas de freio;
  • Cabos de marcha e freio.

quadros-reforma0001.JPG Bicicleta do André

Quadro de mountain bike antiga de cromoly (GT-Tequesta),  garfo rígido do mesmo material, guidon de alumínio. Quadro e garfo comprados pela internet, o André vem usando esta configuração desde 2010.

 

 


quadros-reforma0002.JPG Bicicleta da Ana

Quadro de mountain bike antiga de cromoly (Trek-970), garfo rígido de mesmo material (GT), guidon de ferro (Caloi-10). O quadro nós ganhamos de um amigo que tem bicicletaria, o quadro estava com o movimento central e o canote emperrados (alumínio gruda no cromo), ele nos disse “Se conseguirem consertar, podem ficar”. Deixamos com um torneiro mecânico de Ourinhos-SP, para ver se ele dava jeito. Bom, ele resolveu e venho usando a bike desde outubro de 2011.

Agora as fotos das magrelas montadas, uma noite antes da partida.

Bicicleta da Ana Trek 970

Bicicleta da Ana Trek 970 – 01/2012

 

Bicicleta do André Gt Tequesta

Bicicleta do André Gt Tequesta – 01/2012

Quer viajar e não sabe qual bike usar? Aconselho esta página que nos ajudou muito em relação a escolha das bikes e equipamentos: http://www.olinto.com.br/bicicleta.htm

Relação das Peças

  • k7 8 Velocidades Shimano Altus
  • Pedivela Shimano Alivio Octalink
  • Movimento Central Shimano
  • Corrente KMC com PowerLink (Fizemos revezamento de correntes, detalhes neste artigo.)
  • Câmbio Traseiro Shimano Altus
  • Câmbio Dianteiro Shimano SIS
  • Trocador de marchas Alacanquinha não indexado (Melhor trocador de todos os tempos para uso não competitivo)
  • Freios Cantilever Shimano Altus (Antigo) com Sapatas Kool Stop Eagle Claw (Essas sapatas valem a pena)
  • Cubo Shimano Alivio
  • Rodas Vzan Aero Scape 260 36Furos
  • Pneu Schwalbe Marathon (Vários usados, Plus 1.75, Original 1.75, Plus Tour e Mondial Evolution Line)
  • Pedal Rolamentado (são os melhores e mais duráveis, temos um par que tem mais de 60mil km rodados)
  • Selim Brooks B17 <merchan>Disponível em nossa Loja Virtual</merchan>
  • Bagageiro de aço Simples modificado (Dicas neste Artigo)

Muitas dicas para escolher sua bicicleta de cicloturismo neste Artigo.

Todas as peças duraram durante todos os quase 24mil km de pedal sem problemas. Tivemos de trocar apenas pneus e 3 dos 4 pares de sapatas de freio, nada mais! (mentira, alguns cabos de marcha, freio, e só). Como conseguimos essa proeza? Seguindo as dicas para aumentar a vida útil da sua bike, aqui.

 

Atualização Jan/2017:

Fotos das Bikes após a viagem

Em novembro de 2016 demos uma ajeitada nas magrelas que já estavam com as rodas e relação um pouco desgastadas depois de girarem por mais de 26mil km.  Trocamos apenas as seguintes peças: Cubos, raios, aros, correntes, catracas e k7.  Não foi necessário trocar o movimento central, e os cubos só trocamos por que era mais fácil desta maneira, mas eles estavam tão inteiros, que os mecânicos da bicicletaria fizeram uma oferta neles, e ainda saimos de lá com o valor de 1/3 de cubos novos economizados, rsrs.   As fotos abaixo também estão com pneus que usamos pra pedalar por aqui na região onde moramos, pra viajar nós acabamos colocando os Schwalbe Marathon que temos (um original velho, um plus velho e 2 mondial um pouco mais novos).

Bike Ana 01/2017


Bike André 01/2017