Os Equipamentos

Aqui vai uma listagem do que estamos preparando de equipamentos e tralhas para levar na viagem. Separamos por categorias ou usos. Esta página estará em constante atualização. LEGENDA: Ítens riscados foram os que já sairam de uso/ doados / retirados/ e ou abominados!

Equipamento Básico:

Kit Ferramentas
  • Chave de corrente;
  • Chaves Allen (diversos tamanhos)
  • Chave de boca (diversos tamanhos)
  • Alicate
  • Kit remendo (pinça, lixa, remendo, cola, caneta, espátulas)
  • NBT2– removedor de K7 para trocar raios ao lado no lado do K7
  • Canivete
  • Bomba de ar
  • Chaves de fenda
  • Chave de raio
  • Chave para Cone de Cubo
  • Meia serra de Metal para casos de Emergência (Eliminamos no início da viagem)
  • 2 Correntes extras para revesar a cada 2.000KM (Na metade da viagem ficamos com apenas 1 extra e a outra enviamos pra casa)
  • Câmaras de ar extra (sempre tinha apenas 1 extra)
  • Raios extra (trocamos só dois em toda a viagem)
  • Cabos de freio e marcha – ao menos 1 extra
  • Sapata de freio extra – Kool Stop (trocamos uma vez o jogo na bike do André, e só o da roda traseira da bike da Ana, ou seja, 3 pares trocados em quase 24mil km)
  • Pneu extra (variou muito ao longo da viagem, mas no início carregávamos dois, depois levamos um dobrável, e no Brasil não levamos nenhum extra)
  • Facão (pra região norte e nordeste salvou uma economia de rango porque tem muito coco pela estrada)
Roupas (por pessoa)
  • Roupas Impermeáveis
  • Segunda pele (polartec pra Ana e Termo-skin pro André) Polartec é mais durável e a relação pesoXvolumeXproteção mais vantajoso.
  • Casaco de Fleece
  • 1 bermuda p/ pedalar
  • 1 calça/bermuda c/ zíper
  • 2 Camisa manga longa cada um (uma para pedalar outra pra dormir)
  • 1 regata
  • 1 camiseta comum
  • Roupas Íntimas (3 unidades)
  • 3 Meias simples e 2 meias de super-frio
  • 1 Gorro
  • 1 Balaclava
  • 1 Cachecol
  • 1 par Luvas segunda pele
  • 1 par Luvas de borracha pra situação de chuva/vento
  • Polainas impermeáveis
  • Chinelos
  • Bonés aba grande acoplado ao capacete
  • Capa de chuva de plástico
  • Ecohead
  • Óculos de sol
  • Calça fleece (Costuramos de um cobertor de microfibra de supermercado, servia como travesseiro também)
  • Tênis/papete/bota trekking/argh!crocs-genérico (em diversos estágios da viagem. (Mais útil de todos foi a papete, já que tínhamos meias muito boas para o frio + polaina impermeável enfrentou até trekking de 10 dias na Cordilheira Branca no Peru.)
Ítens de segurança
  • Capacetes
  • Colete refletivo telado (abandonado no começo da viagem)
  • Luzes de sinalização (corte de peso, deixamos pra lá, não queríamos pedalar a noite mesmo…e nunca foi necessário!)
  • Retrovisores (Oh yes! Item mais importante EVER)
  • Sinalizador para avisar familiares aflitos que você tá no raio que o parta!(Nunca nem cogitamos levar)
  • Mapas de papel! Levamos da Rough Guide (tem alguns erros, mas foram fundamentais os que ainda conseguimos encontrar: Argentina, Chile, Peru). Para Bolívia acesse o site Tour.tk. Para o Chile tem o mapa da rede de postos de combustível de lá que se não for de graça é bem barato e muito preciso. Para trilhas e passos absurdos usamos a internê!

Registro:

  • Câmera Digital Reflex (chegou intacta em casa!)
  • Câmera GoPRO (sobreviveu a muito banho de chuva)
  • 2 Cartões de memória 16gb (um par a mais não teria sido nada mal)
  • Notebook 11polegadas (Um HP-zinho que sobreviveu, aleluia!)
  • HD externo 500GB no início= lotou! 1T no meio da viagem=lotou!

Cozinha: Confira a lista completa e foto dos utensílios de cozinha que saímos de casa no Post A Cozinha do Cicloviajante e como ficou depois de um tempo na estrada no Cozinha Cicloviajante 2.0

Higiene pessoal
  • Shampoo ou sabão de coco
  • Sabonete
  • Esponja natural
  • Escovinha
  • Escovas de dentes
  • Pasta de dentes
  • Fio dental
  • Mini Pente de cabelo
  • Cortador de unhas
  • Pinça
  • Lâmina
  • Mini Lixa de unha
  • Protetor solar (usado raramente)
  • Estojo de banho com gancho para pendurar (muito útil em banheiros de chão nojento)

Primeiros Socorros:

  • Pastilhas de Cloro (salvadora de vidas!)
  • Cobertor de emergência (eliminamos no começo da viajem)
  • Soro (tem que ter sempre!)
  • Gaze
  • Esparadrapo
  • Band Aid
  • Analgésico
  • Analgésico para cólicas
  • Anti-vômito
  • Água oxigenada ou Álcool em pote de 50ml com borrifador [providenciar] {Nunca providenciamos}
  • Necessaire para guardar tudo isso (zip loc cumpriu este papel)

Kit Costura de emergência

  • Agulha Grossa (fizemos alguns reforços num dos alforjes)
  • Agulha fina (remendamos muita roupa surrada da estrada)
  • Retalhos de Cordura para remendos de alforje e barraca (nunca foi necessário)
  • Linha encerada reforçada preta (fizemos alguns reforços num dos alforjes)
  • Linha de costura comum preta/amarela/branca (usamos na troca de zíperes da barraca)
  • Mini tesoura
  • Alfinetes de segurança de vários tamanhos (remendamos muita roupa!)

Documentação

  • Passaporte (mesmo não sendo orbigatório, poupava tempo e papelada nas aduanas)
  • Notas fiscais de alguns equipamentos (nunca questionaram nada nas aduanas)
  • Carteira de Identidade recente (para fazer o passaporte)
  • CPF
  • Comprovante Internacional de vacinação contra febre amarela

Sobrevivência Financeira

  • Cartão master e visa (BB):
    • solicitar autorização de saque com alguns dias de antecedência por telefone ao gerente da agencia
    • Não rolou na Argentina e Chile por conta das senhas de 4 digitos de lá (aparentemente é isso, mas nunca descobrimos o real motivo de ter bloqueado lá)
  • Cartão Cirrus Santander (era o de emergência0, por ter 4 dígitos salvou nossa vida na Argentina e Chile.

PESO DE TUDO ISSO?

Algum dia a gente consegue detalhar o peso de cada coisa por questão de curiosidade. Mas o peso geral que conseguimos fazer já era no Brasil, final de viagem, muita coisa eliminada e sem equipo de frio, ficou assim:

André: próximo de 17kg de bagagem + bicicleta

Ana: próximo de 14Kg de bagagem + bicicleta